Blog Artigos, posts, novidades, blog

Outubro Rosa: Conscientização e Prevenção

0 Comentários
126
08 Oct 2018

Olá pessoal! Tudo bem com vocês?

Bem, eu espero que sim!

Hoje vou falar de assunto muito importante que é o Outubro Rosa! Vocês sabem o que é? Do que se trata? E onde surgiu?

Vem ler este artigo que eu vou contar tudo sobre o Outubro Rosa para vocês!!

Outubro Rosa é uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e mais recentemente sobre o câncer de colo do útero. É um movimento popular internacional que é comemorado em todo mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades.

HISTÓRIA DO OUTUBRO ROSA

A história do Outubro Rosa remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e, desde então, promovida anualmente na cidade (www.komen.org).

Em 1997, entidades das cidades de Yuba e Lodi nos Estados Unidos, começaram efetivamente a comemorar e fomentar ações voltadas a prevenção do câncer de mama, denominando como Outubro Rosa. Todas ações eram e são até hoje direcionadas a conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce. Para sensibilizar a população inicialmente as cidades se enfeitavam com os laços rosas, principalmente nos locais públicos, depois surgiram outras ações como corridas, desfile de modas com sobreviventes (de câncer de mama), partidas de boliche e etc. (www.pink-october.org).

A primeira iniciativa vista no Brasil em relação ao Outubro Rosa, foi a iluminação em rosa do monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista (mais conhecido como o Obelisco do Ibirapuera), situado em São Paulo-SP.  Essa iniciativa foi de um grupo de mulheres simpatizantes com a causa do câncer de mama, que com o apoio de uma conceituada empresa europeia de cosméticos iluminaram de rosa o Obelisco do Ibirapuera em alusão ao Outubro Rosa.

Em maio de 2008, o Instituto Neo Mama de Prevenção e Combate ao Câncer de Mama sediado em Santos-SP, em preparação para o Outubro Rosa, iluminou de rosa a Fortaleza da Barra em homenagem ao Dia das Mães e pelo Dia Estadual (São Paulo) de Prevenção ao Câncer de Mama comemorado todo terceiro domingo do mês de maio. Mas o principal objetivo era alertar para a causa do câncer de mama e incentivar as mulheres da região da Baixada Santista a participarem do mutirão de mamografias realizado pelo Governo do Estado de São Paulo. No estado de São Paulo todo ano são realizados 2(dois) mutirões de mamografia sendo, um em maio e o outro em novembro.

Em outubro de 2008, diversas entidades relacionadas ao câncer de mama iluminaram de rosa monumentos e prédios em suas respectivas cidades. O Brasil é mundialmente conhecido pelo seu maior símbolo, a estatua do Cristo Redentor no Rio de Janeiro-RJ. E pela primeira vez, o Cristo Redentor ficou iluminado de rosa no Outubro Rosa.


cristoRosa

Em outubro de 2009, se multiplicam as ações relativas ao Outubro Rosa em todas as partes do Brasil. Novamente as entidades relacionadas ao câncer de mama e empresas se unem para expandir a campanha.

Fonte:http://www.outubrorosa.org.br/historia.htm

SAÚDE DA MULHER

Segundo o Ministério da Saúde, a saúde das mulheres necessita de cuidados cotidianos como alimentação saudável, prática regular de atividades que promovam o bem-estar, e visitas periódicas aos profissionais de saúde, cuidado esse que deve ser contínuo.

Neste contexto, para algumas mulheres, em faixas etárias específicas, dois exames são de extrema importância: a mamografia e o preventivo do colo do útero. Ambos são capazes de detectar alterações específicas em fases iniciais ou o próprio câncer de mama e de colo do útero. Vale lembrar que o diagnóstico precoce significa uma maior chance de cura.

Desde 2004, Sistema Único de Saúde (SUS) possui uma Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher, construída em parceria com movimentos de mulheres de diversos setores da sociedade. Essa Política incorporou o ideário feminista de que a saúde da mulher não está ligada apenas às questões reprodutiva ou sexual, mas sobretudo a aspectos socioculturais e econômicos, dando destaque a agravos e índices epidemiológicos que são presentes no gênero feminino, e respeitando a diversidade e diminuindo a desigualdade de gênero presente na nossa sociedade.

AÇÕES DO OUTUBRO ROSA 2018

Pra quem é de Belo horizonte o Instituto Mário Penna vai realizar 1.500 exames de mamografias sem a necessidade de passar pelo posto de saúde antes. Para poder realizar o exame, a solicitante deverá ter de 50 a 69 anos. Estes critérios são exigências do Ministério da Saúde. Dentro dessas condições, os exames de mamografia já podem ser agendados na Central de Marcação de Exames do Instituto Mário Penna pelo telefone (31) 3349-1212.

A mastologista do Instituto, Kerstin Kapp Rangel, afirma que a forma de fazer um diagnóstico mais eficiente é realizar o controle anual com mastologista, mamografia regularmente e autoexame mensal. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), se a mulher tem diagnosticado um câncer de mama em estágio precoce, a chance de cura é acima de 90%.

SOBRE O CÂNCER DE MAMA

Ainda de acordo com o Inca, o câncer de mama é o mais comum tipo em mulheres em todo o mundo. A cada ano, a América Latina tem cerca de 115 mil novos casos, sendo cerca de 60 mil provenientes do Brasil.

A mastologista Kerstin Kapp Rangel explica que o surgimento da doença está diretamente relacionado à exposição ao estrogênio. “Por isso, entre fatores de risco, destacam-se dois mais importantes: pertencer ao sexo feminino e a idade. Quanto mais velha a mulher, maior o seu risco em adoecer da neoplasia”, afirma. “A relação do câncer de mama com a genética é bem menos significativa. Apenas cerca de 5% de todos os casos estão relacionados à mutações genéticas familiares e hereditárias. A enorme maioria dos casos são esporádicos”, completa.

A mastologista lembra, ainda, que a doença também pode acometer homens, representando 1% do total de casos. “A idade de acometimento é acima de 65 anos, através de nódulos endurecidos próximos ao mamilo comprometendo mais frequentemente a pele”, detalha.

O progresso na medicina diagnóstica e terapêutica, entretanto, tem possibilitado a cura para casos de câncer de mama diagnosticados precocemente. Além disso, o diagnóstico em fases iniciais da doença aumenta as chances de cura e permite oferecer um tratamento mais eficaz e menos agressivo. “O tratamento do câncer de mama é baseado em três pilares: a cirurgia, a radioterapia e o tratamento sistêmico (hormonioterapia, quimioterapia, etc)”, explica Kerstin.

outubro-rosa1

Fonte: https://www.mariopenna.org.br/instituto-mario-penn...

Gostaram de saber um pouco mais sobre a Campanha Outubro Rosa? O mais importante é sempre conscientizar e prevenir, então passe essas informações pra frente e vamos ajudar a todas as mulheres a se cuidarem!

Beijos e até a próxima!

0.0
Last Modified: Monday 08 October 2018 16:56
outubro rosa prevenção conscientização cancêr de mama

Sem comentários ainda...

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.