Pele/Corpo

Perfumaria: Natura Lança Dispositivo De “Cheiro Digital”

CONHEÇA O NATURA PERFUM.AR, INOVAÇÃO TECNOLÓGICA QUE PERMITE EXPERIMENTAR AS PRINCIPAIS FRAGRÂNCIAS DA CASA DE PERFUMARIA DO BRASIL

Em 2020, a Natura se tornou a primeira empresa de cosméticos a apostar em dispositivos de “cheiro digital”. Lançada em parceria com a startup Noar, a inovação tecnológica, Perfum.AR, tem formato de um tablet e permite que os consumidores apreciem as fragrâncias da Casa de Perfumaria do Brasil, sem que uma se sobreponha a outra e confunda a escolha final.

O dispositivo Natura Perfum.AR

O Natura Perfum.AR conta com uma amostragem de até 20 fragrâncias e é controlado por aplicativo por meio de conexão Bluetooth, que fornece um quiz e um catálogo para o consumidor escolher de forma 100% digital qual fragrância deseja sentir.

Basta escolher a fragrância no aplicativo e sentir o cheiro por meio do Perfum.AR. Cada refil permite até cem disparos de fragrância. É uma experiência única, intuitiva e sustentável, pois evita a necessidade de se borrifar o produto em uma tira de papel para senti-lo.

O Natura Perfum.AR é uma experiência multissensorial, pela qual, além de sentir a fragrância, o usuário pode ainda navegar pelo conceito e pela imagem do produto.

Mais segurança

Roseli Mello, nossa head global de pesquisa e desenvolvimento, explica que, no contexto de pandemia, a tecnologia se torna ainda mais relevante, visto que proporciona mais segurança para os consumidores. “O dispositivo é uma oportunidade segura de experimentação de fragrâncias, pois pode ser feita com o uso de máscaras de proteção”, explica. Além disso, seguindo as normas sanitárias vigentes, ele é higienizado com álcool 70%.

As fragrâncias do Natura Perfum.AR

No portfólio do dispositivo estão as principais marcas da Casa de Perfumaria do Brasil. Entre as fragrâncias femininas estão Essencial (Clássico, Exclusivo e Oud), Luna (Clássico, Radiante e Intenso), Ilía Clássico, Una Clássico, Kaiak Clássico e Química de Humor. Entre as masculinas estão Essencial (Clássico, Exclusivo e Oud), Natura Homem (Clássico, Essence e Cora.Gio), Kaiak (Clássico, Pulso e K) e Humor a Dois.

Não deixa resíduos

Ao liberar a fragrância usando uma tecnologia de “ar seco”, o dispositivo não deixa resíduos no ar, no demonstrador ou no usuário. Além de mais higiênico, o “cheiro digital” permite experimentar vários produtos em sequência, sem confundir o cérebro do consumidor.

Trata-se de uma ferramenta de venda diferente de todos os tipos de amostragem. O fato de ser uma experimentação por meio de um spray de cheiro seco, que não se espalha no ar, permite que clientes experimentem mais fragrâncias, argumenta Roseli.

Somos a primeira empresa a testar a inovação em nossos canais de venda. A nova tecnologia será disponibilizada para um grupo selecionado de Consultoras de Beleza Natura, em franquias Aqui Tem Natura e para 13 lojas próprias no estado de São Paulo, com destaque para o recém-inaugurado espaço na rua Oscar Freire, na capital paulista, primeiro endereço da Natura ao ser fundada por Luiz Seabra, em 1970.

Parceria e liderança feminina

O dispositivo foi desenvolvido pela startup brasileira Noar, com apoio da divisão de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Natura e investimento da empresa de embalagens de vidro Wheaton. Roseli destaca a importância de a tecnologia ter surgido por meio de uma startup liderada por uma mulher.

Para a presidente da Noar, Cláudia Galvão, a parceria traz ainda mais credibilidade para a nova tecnologia.

Apresentar o “cheiro digital” para o mercado com a Natura – líder do segmento – é uma chancela muito significativa e valida a importância que essa inovação tem ao apresentar soluções para o setor, finaliza Cláudia.

Casa de Perfumaria do Brasil

A escolha de uma fragrância pode parecer uma atitude que afeta apenas quem a usa, mas seu modo de produção pode impactar a vida de outras pessoas e até a do planeta.

Com uma perfumista exclusiva, Verônica Kato, há quatro aspectos que tornam o modo de produção da Casa de Perfumaria do Brasil, aqui da Natura, sustentável. O primeiro é o uso apenas de álcool orgânico. O cultivo sustentável de álcool – sem queimadas nem agrotóxicos – é capaz de compensar a emissão de gases de efeito estufa.

O segundo aspecto é o uso de frascos de vidro reciclado. Desde 2015, as embalagens da Casa de Perfumaria do Brasil contêm o material em sua composição, o que evita o descarte de quase 1 milhão de garrafas de vidro a cada ano.

O terceiro é a oferta de refis. Feitos com 100% de plástico reciclado, os refis de nossas fragrâncias eliminam o descarte de 5 milhões de garrafas PET por ano. Por fim, o quarto aspecto que faz nossa perfumaria sustentável é o uso de óleos essenciais da biodiversidade brasileira como ingredientes principais.

Veja toda a perfumaria da Natura AQUI!

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *